Os profissionais da área de compras de uma empresa são fundamentais para o bom funcionamento e para a rentabilidade da organização. Com uma boa atuação deste setor, as empresas economizam em suas aquisições e podem oferecer um preço mais acessível aos consumidores, tornando-se mais competitivas. Por isso, descubra 05 coisas que todo profissional da área de compras deveria saber. Confira!

1 – Conhecimento amplo do negócio 

Por muito tempo, o analista de compras e o comprador interno eram profissionais meramente técnicos, responsáveis por manter a empresa em funcionamento com uma quantidade razoável de estoque, insumos e outros equipamentos necessários para a operação do negócio.

Ou seja, eram seguidores de protocolo, sem uma função realmente estratégica. O mercado para quem trabalha com compras se dinamizou, assim como todo o mundo corporativo, logo, exige-se hoje em dia do profissional de compras um conhecimento muito mais amplo para que se possa agregar valor à empresa.

Sendo assim, o comprador precisa entender bem sobre o modelo de negócio da empresa, bem como os detalhes de sua operação. Assim, ele faz levantamentos mais eficientes sobre as compras a serem realizadas e, dessa forma, desempenha sua função de maneira mais completa.

2 – Networking constante

Mesmo em tempos nos quais boa parte das compras é realizada pela internet de uma maneira bastante impessoal, é muito importante que o profissional de compras seja uma pessoa articulada e bem relacionada no mercado como um todo.

Assim, ela goza de uma boa relação com fornecedores e parceiros, o que permite um preço mais acessível na hora de realizar as aquisições necessárias para manter a empresa em pleno funcionamento. Seja ativo no linkedin, frequente feiras de inovação do seu segmento, troque cartões. Vale tudo para fazer uma boa compra.

3 – Follow-up pós-compra

Mais do que cotar os melhores preços de compra para a empresa, o analista de compras ou o comprador interno também precisam desempenhar um acompanhamento completo do processo de aquisição dos bens pelo empreendimento que representam.

Ou seja, os compradores precisam fazer follow-up das entregas recebidas pela empresa, certificando-se de que as mercadorias entregues estão de acordo com a aquisição contratada. Além disso, precisam ser precisos na classificação de fornecedores e produtos para compras posteriores.

4 – Empatia com as demais áreas da empresa

Além do relacionamento externo com os fornecedores e parceiros, é muito importante que os profissionais de compras também estejam sempre em contato com os diferentes setores da empresa em que trabalham, do chão de fábrica à administração geral.

Do setor operacional, estes profissionais captam as demandas de compra, catalogam, cotam e classificam. Junto ao setor gerencial, os compradores discutem estratégias, planejamentos, além de coletar as decisões estratégicas dos gestores para aplicar na política de compras da empresa.

5 – Fazer uso de ferramentas que facilitem o dia a dia

Dada a importância deste setor, é fundamental que a tecnologia também seja uma aliada do profissional da área de compras. Desta forma, diminuem-se custos, aumentando o rendimento e a precisão do analista de compras em conjunto à inteligência de mercado necessária à operação da empresa.

Uma boa dica é ter um sistema que organize o cadastro de materiais e suprimentos para realizar pesquisas rápidas sobre o que e quando comprar.  Pensando na governança de cadastros a Integra desenvolveu o Klassmatt , uma plataforma completa apoiada por uma central de cadastros especializada para auxiliar sua empresa em tempo real. Conheça nossas soluções , com um assistente de cadastros como o Klassmatt vai sobrar tempo para desenvolver suas principais competências e ser um comprador de sucesso!

Assine a nossa newsletter e receba mais conteúdos!